Blog

Havia uma pedra no meio do oceano

Stone Ocean

Tenho a percepção que a parte 6 Stone Ocean se encontra em um lugar não muito favorável. Acompanhe o pensamento: se uma parte sofre hater, ela é comentada, até assistida, pois é colocada em debate, colocada em foco (vamos chamar de “efeito massa de pão”); se uma parte é muito elogiada, o mesmo resultado acontece, ela é mais debatida, mais assistida, então ganha mais holofotes. Então se algo esta nas pontas (love-hate) esse algo tende a aparecer mais nos debates, postagens, conversas…

Agora, se algo esta fora desta relação love-hate, fica mais difícil de conseguir crescer, de ser debatido, de brigar por um “lugar ao Sol”. Apesar de estar usando essa ideia para falar sobre Stone Ocean, ela se aplica a muitas outras coisas, veja:
– os políticos que costumam terminar melhores colocados, são os mesmos que costumam ter os maiores índices de rejeição;
– os times de futebol que mais tem histórico de vencedor, são os mesmos que tem uma quantidade de “antis” muito grande;
– os animes que tem mais fama são os mesmos que recebem mais críticas e mais memes negativos. (Só ver Naruto, CDZ ou One Piece)

Efeito “massa de pão” seria o caso algo que cresce (entenda crescer, neste caso, como ganhar popularidade, ganhar espaço), algo que, não necessariamente, fique melhor, mas que ganhe espaço, que passe a ser mais debatido. Você já deve ter visto isso acontecer, talvez o principal exemplo recente seja a Karol Concá.

Mas e o que isso tem haver com Jojo’s?

Pois bem meu jovem usuário de stand você já deve estar se perguntando o que isso tem relação com Jojo’s, certo? Então, vamos lá!

Stone Ocean acaba ficando neste “lugar” de coisas que não são amadas o suficientes e nem odiadas o suficientes para serem debatidas. Não consigo cravar um motivo exato para isso acontecer, mas tenho certeza que não é falta de qualidade da parte. Jolyne é uma das Jojo’s mais bem trabalhadas (acredito que a melhor pré-reset), o vilão não é ruim e não tem pouco tempo de tela, as jobros e os jobros são bem carismáticos (o Weather Report tem uma das melhores histórias de todas as partes), a história em si e seu desenvolvimento é boa, os vilões menores tem bons poderes e rendem boas lutas, além de ser a parte onde os poderes são mais abstratos e bizarros entre as 7 primeiras (ainda não li a parte 8)…

Faça uma lista e, também, pergunte aos seus amigos, faça um ranking dos seus Jojo’s favoritos e das suas partes favoritas. Possivelmente Stone Ocean vai ficar no meio da tabela, esse é o problema. No Campeonato Brasileiro de futebol, a gente olha quem vai pra Libertadores, quem é rebaixado e já era. Stone Free acaba ficando presa (batunts) neste meio de tabela, algo entre as pessoas podem gostar nas não amar, podem não gostar mas não odiar; um lugar que não reconhece o real valor de algo, um lugar que não é digno de ter Stone Ocean.

Além deste problema, Stone Ocean apresenta um problema parecido mesmo dentro do universo de Jojo’s (Jojoverso?), vou analisar isso neste texto que você pode ler clicando aqui.

Espero que com o anime na Netflix, sei que muita gente não lê o manga, isso mude e que Jolyne Kujo mostre merece um lugar melhor no coração dos fãs, que possam dar o devido reconhecimento por seu excelente desenvolvimento, que ela possa alcançar sua liberdade e seu lugar ao Sol.

E você meu caro leitor e cliente, o que acha que falta para Stone Ocean ocupar seu lugar dentro do coração dos fãs de Jojo’s? É só o anime? É pancadaria doida? É o Dio?

Nenhuma descrição disponível.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.